MercadoEnvios na prática, opinião de um vendedor a respeito do novo serviço do MercadoLivre

Agradecimento ao Junior, leitor do blog e também vendedor no MercadoLivre, que relata abaixo sua experiência com o MercadoEnvios



Vamos as informações que fiquei te devendo sobre o MercadoEnvios.

Ativaram ele na minha conta e então agora posso te dar as informações completas.

1. A lista de agências que aceitam não é pequena, é minúscula! Na cidade de São Paulo cerca de 15 agências estão aceitando isso.


2. É demorado! Não sei se foi o sistema/conexão da agência que eu fui, mas você perde bem mais tempo do que fazer um envio comum. Cara demora muito! Perdi fácil uns 8 minutos para fazer apenas 1 envio (pode ser a agência que eu fui que tem a conexão muito lerda).


3. Os pesos e medidas são definidos pelo Mercado Livre e você não tem controle. Então acabou aquele papo de colocar R$:2 a mais no frete para cobrir a embalagem. O peso é definido pela categoria, então há sempre diferenças. Pela etiqueta o produto teria 150 gramas, eu enviei com 250 por causa da caixa. No contrato diz que diferenças serão cobradas do vendedor. Me informaram pelo telefone que apenas diferenças absurdas e que nem estão cobrando na realidade (por enquanto, pelo visto). Mas sempre fica o medo! Você tem um objetivo um pouco maior ou mais pesado, ter que pagar do bolso depois o frete (sabe como é o MercadoLivre).


4. O sistema ainda não está integrado no MercadoLivre. Só da para acessar o Mercado Envios por uma URL que é enviada no e-mail de cadastro. Atualização: Basta entrar em "Meu cadastro" e clicar em "Minhas vendas" para ter acesso.


5. Não dá para imprimir a etiqueta assim que o comprador paga. Necessita aguardar a autorização dos Correios, o que pode demorar algumas horas. Isso as vezes vai impossibilitar o envio do produto no mesmo dia, o que é ruim para o vendedor e para o comprador.


6. Aqui está o link do FAQ, que inclui as agências que aceitam: 


http://www.mercadolivre.com.br/jm/ml.faqs.framework.main.FaqsController?pageId=FAQ&faqId=10843&categId=COST&type=FAQ


7. Postei hoje as 9h30 e até agora não marcou como enviado, só faltava eu ter que fazer isso na mão, ai é o fim! Atualização: depois de umas 2 ou 3 horas, já constava como enviada no sistema e em transporte. 


8. O lado bom é que acabou com a necessidade do vendedor tirar dinheiro do bolso para fazer os envios, ainda mais agora que acabaram com a conta profissional para pessoa física. Eu achei bom, porque para quem envia muito, pagar o correio hoje e receber daqui 21 dias é foda!


9. Também acabou com a necessidade de AR (segundo o próprio MercadoLivre). Ou seja, foi para o endereço do cliente que ele cadastrou. Se, mesmo que não seja ele, alguém receber, maravilha!


10. Acabou com o problema do comprador não adicionar o valor do frete. Se for pagar por MercadoPago, ele tem que colocar o valor do frete e isso facilita muito a nossa vida!


11. O sonho de ter apenas pagamento pelo MercadoPago e somente após a baixa do estoque acabou! Pelo que eu conversei com a pessoa, só será feito para grandes vendedores (leia-se grandes lojas), que tem estoque constante do produto. Ao que eu entendi, isso não será liberado para vendedores ocasionais ou pequenos, porque estava dando muito problema com estoque. Alguém emitia o boleto para pagar no dia seguinte (o produto não saia do estoque), alguém pagava com cartão no mesmo dia e a primeira pessoa ficava sem o produto e o MercadoLivre era obrigado a fazer reembolso. Então, acredito eu, que isso não estará disponível para os pequenos, por esse problema.


12. Para mim facilitou! Vou continuar usando porque há uma agência perto de casa!


0 comentários:

Postar um comentário